quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

VOCÊ CONHECE... O LECH POZNAŃ?

 
Lech Poznań: desbancando alguns grandes da Europa





Recomeçou a fase decisiva de "mata-mata" da Liga Europa nesta semana. E é na segunda competição de clubes mais importante do Velho Continente que muitas vezes conhecemos times inexpressivos e que muitos sequer já tinham visto ou ouvido falar. Eis uma boa chance de você conhecer acompanhando o blog.

Por exemplo, hoje estava analisando a tabela da fase 1/16 avos de final da competição e me deparei com equipes que somente quem realmente acomapanha o futebol de perto pode conhecer. O escolhido da vez foi o polonês Lech Poznań, que teve como grande feito na atual temporada desbancar a poderosa Juventus de Turim e dar muito trabalho ao rico e recheado de estrelas Manchester City na fase de grupos. Vamos conhecê-lo um pouco mais a partir de agora.

O Kolejowy Klub Sportowy Lech Poznań, ou simplesmente KKS Lech Poznań, surgiu de intenção de vários garotos da Associação da Juventude Católica, da própria cidade de Poznan, de praticarem o futebol, que àquela época, na década de 20, ainda engatinhava mundo a fora, mas que já fazia relativo sucesso entre as pessoas.
O registro do novo clube se deu em 19 de março de 1922, data que hoje é adotada pelo clube como de sua fundação. Alguns meses depois, mais precisamente em agosto, estava apto a participar de competições locais o Towarzystwo Sportowe Liga Dębiec (TSLD). E finalmente em 17 de setembro do mesmo ano fez sua primeira partida oficial diante do Sparta Poznań com um resultado de 1 a 1.

Iniciou sua jornada no Campeonato Polonês na terceira divisão em 1924 e por lá permaneceu até 1928, quando conseguiu o acesso. A partir de então foram muitas tentativas de ascender à divisão principal sem sucesso. Com o advento da II Guerra Mundial o esporte praticamente parou no país e o Dębiec foi desativado. Ao final do confronto bélico, em 1945, autoridades políticas de Poznan ligadas ao esporte aos poucos foram reintroduzindo a prática esportiva e o TSLD foi o primeiro time da cidade a ser reativado.

Em 1947 a Federação Polonesa de Futebol (Polski Związek Piłki Nożnej ou PZPN) anunciou a criação do Campeonato Polonês, a Ekstraklasa, e que neste ano seriam realizadas eliminatórias para a temporada de estréia em 1948. O Debiec, agora com o nome de  Klub Sportowy Związku Zawodowego Kolejarzy Poznań, participou de um grupo bastante difícil e falhou na qualificação, cujo regulamento premiava com a classificação apenas os 3 melhores colocados de cada chave - a equipe ficou em 4º.

Entretanto os diretores do clube entraram com um recurso na PZPN e convenceram a entidade a aumentar o número de participantes no torneio nacional de 12 para 14, o que incluiria os Kolejorz (ferroviários) na disputa.

O Poznan jogou na divisão de elite até 1957 e nesta época surgiu em suas bases um de seus grandes nomes de sua história: Teodor Aniola, atacante e maior goleador do time em todos os tempos com 141 gols marcados. Neste ano o clube foi rebaixado para a segunda divisão e também mudou novamente de nome, denominando-se  Kolejowy Klub Sportowy Lech Poznań, ou simplesmente KKS Lech Poznań, como é conhecido até os dias atuais.

A passagem pela divisão inferior durou 3 temporadas e em 1960 estava de volta entre os grandes times da Polônia. Contudo uma entressafra de talentos fez com que o clube perambulasse entre os três níveis do futebol nacional até 1972, quando retornou em definitivo à Ekstraklasa. Notem que desde sua fundação até agora nenhum título ainda havia sido conquistado pelo KKS.

Na década de 70, depois da tormenta entre acessos e rebaixamentos, vieram alguns bons resultados na primeira divisão até 1980, quando foi vice-campeão da Copa da Polônia. Ainda em 80 inaugura seu estádio, o Stadion Miejski, com capacidade para 43090 pessoas. Enfim, em 1982, 60 anos após sua fundação, o Lech Poznań levantou sua primeira taça de campeão ao conquistar a Copa depois de vencer o Pogoń Szczecin por 1 a 0 na decisão.

A partir de então os Kolejorz passaram a figurar entre os maiores da Polônia e impuseram respeito aos concorrentes. Não à toa conseguiram mais nove títulos nacionais até o ano de 2000, quando sérios problemas financeiros fizeram com que o clube de Poznań fosse penalizado administrativamente com o rebaixamento para a segunda divisão. Na temporada seguinte, ainda afundado em crise, por muito pouco não foi relegado para o terceiro nível. Mas em 2002 finalmente voltou à elite mais organizado e estruturado e pode dar sequência ao bom trabalho que estava sendo realizado nas últimas duas décadas.

Desde então somaram-se à galeria do time polonês mais 5 conquistas nacionais, entre eles o atual título da Ekstraklasa. A equipe é ainda, ao lado do Legia Warszawa o maior vencedor da Supercopa da Polônia com 4 troféus. Na atual temporada, como já informado, conseguiu um resultado histórico ao desbancar a Juventus como segunda colocada do Grupo A da Liga Europa, ao lado do Manchester City com os mesmos 11 pontos.

Agora o Lech Poznań terá como adversário na próxima fase da competição o Braga de Portugal. A primeira partida vai acontecer nesta quinta, dia 17, na Polônia. Para quem fez frente a times bem mais poderosos como Juventus e Manchester City, não é nada demais sonhar com vôos mais altos na Europa.

Abaixo, dados e estatísticas dos Kolejorz.


KOLEJOWY KLUB SPORTOWY LECH POZNAŃ

* Fundação: 19 de março de 1922

* Local: Poznań/POL

* Estádio: Stadion Miejski (43090 pessoas)

* Presidente: Andrzej Kadziński

* Treinador: José Mari Bakero

* Uniformes: Camisas e calções azuis com detalhes brancos e meiões brancos com detalhes azuis (titular); Camisas azuis com detalhes brancos e calções e meiões azuis com detalhes brancos (reserva)

* Títulos (15): Copa da Polônia (1981/82, 1983/84, 1987/88, 2003/04 e 2008/09), Campeonato Polonês (1982/83, 1983/84, 1989/90, 1991/92, 1992/93 e 2009/2010) e Supercopa da Polônia (1990, 1992, 2004 e 2009)

* Maior artilheiro: Teodor Anioła - 141 gols entre 1948 e 1961

* Jogador que mais vezes vestiu a camisa: Hieronim Barczak - 367 vezes entre 1973 e 1986

* Jogadores de destaque na história: Teodor Anioła, Hieronim Barczak, Jarosław Araszkiewicz, Jacek Bąk, Andrzej Juskowiak, Maciej Żurawski e Robert Lewandowski





Escudo: arquivo pessoal
Foto: Klapi

Um comentário:

Anônimo disse...

http://ultrasfuriaazul1984.blogspot.com/