domingo, 1 de maio de 2011

O "VOVÔ" ARTILHEIRO DA LIGA DOS CAMPEÕES DA EUROPA


Ryan Giggs: o "vovô" artilheiro da Europa





Na semana que passou tivemos confronto de recordistas pela Liga dos Campeões da Europa. De um lado o alemão Schalke 04 de Raúl González, o maior artilheiro da história da competição, do outro, o inglês Manchester United, do veterano e recordista de partidas pelo clube Ryan Giggs. Ambos são grandes vencedores na carreira, mas o meia galês se saiu melhor com sua equipe na disputa em Gelsenkirchen pelas semifinais do torneio continental - 2 a 0. 

Mas o que entrou para a história mesmo foi o fato de Giggs ter marcado um dos gols e ter se tornado o mais velho jogador a balançar as redes na Liga. Ele abriu o placar após um belo passe de Wayne Rooney. Com 37 anos e 128 dias o meiocampista dos Red Devils superou o antigo detentor da marca Filippo Inzaghi, experiente atacante do Milan que anotou um tento com 37 anos e 86 dias. Além do mais igualou a marca de Raúl com gol marcado em 15 diferentes edições do torneio.

Giggs terá mais uma chance pelo menos de aumentar essa marca caso venha novamente a marcar gols na partida de volta em Old Trafford, na próxima quarta-feira.

Abaixo, para comentar sobre a fantástica carreira desta lenda viva do Manchester United, reproduzo uma publicação de 22 de maio de 2008 editada e com as devidas atualizações nas estatísticas datadas de 01/05/2011.

---

A partida de ontem (21/05/08) pela decisão da Liga dos Campeões da Europa não só serviu para definir o campeão europeu da temporada (resultado injusto pelo que aconteceu em campo, na minha opinião) como serviu também para um marco histórico para um dos clubes envolvidos.

O meia galês Ryan Giggs entrou em campo no 2º tempo da decisão contra o Chelsea, em Moscou, e se tornou no recordista de participações com a camisa dos Red Devils na história. Foram 759 partidas com a camisa vermelha - uma a mais que o lendário Sir Bobby Charlton, ex-meia campeão mundial com a Inglaterra em 1966.

Giggs (Ryan Joseph Wilson) nasceu em Cardiff, País de Gales, em 29 de novembro de 1973. Desde garoto atua pelo Manchester United, quando Sir Alex Ferguson, técnico do atual campeão europeu desde 1986, pediu sua contratação em 29 de novembro de 1987 (em seu aniversário de 14 anos) depois de vê-lo atuando, curiosamente, no time juvenil do rival Manchester City. Ferguson via muito talento nesse meia/ponta-esquerda e previa que o futuro lhe reservaria grandes momentos com o jovem jogador. E ele não errou...

Ryan Giggs atua pelo time principal do Manchester United desde a temporada 1990/91 e curiosamente assinou seu primeiro contrato profissional no seu 17º aniversário de vida, em 29 de novembro de 1990. Fez sua estréia no time em 02 de março de 1991 contra o Everton, em Trafford. Seu primeiro gol não poderia ter vindo em melhor momento: no clássico local contra o Manchester City na mesma temporada. Já sua primeira aparição como titular dos Devils se deu na temporada 1991/92. Por fim, seu primeiro título com o clube foi em 1991 - a Super Copa da UEFA, quando os Vermelhos bateram o Estrela Vermelha de Belgrado por 1 a 0.

A partir de então tornou-se imprescindível na ponta esquerda do Manchester United, onde alia velocidade, muita habilidade e uma incrível disciplina em campo (nunca foi expulso com a camisa de sua equipe inglesa e levou apenas um cartão vermelho com a seleção de País de Gales). Com a saída ou aposentadoria de vários ícones da equipe, como Denis Irwin, Eric Cantona, Brian McClair, entre outros, Giggs tornou-se um dos astros e era também um dos responsáveis pelo desenvolvimento da equipe com a garotada que ali surgia: David Beckham, os irmãos Gary e Phil Neville, Paul Scholes e Nicky Butt.

Seu ponto alto em Old Trafford veio no na temporada 1998/99, quando junto com seu time conquistou a tríplice coroa (Campeonato Inglês, Liga dos Campeões e Mundial Interclubes). Outros recordes em sua brilhante carreira são: único jogador do Manchester United, ao lado de Roy Keane, a conquistar quatro títulos da FA Cup, único jogador da Premier League a conquistar dez títulos ingleses (os recordistas anteriores eram Alan Hansen e Phil Neal, do Liverpool, com 8 cada), único jogador da história a participar de 15 Ligas dos Campeões consecutivas e único jogador (ao lado do também galês Gary Speed) a marcar gols em todas as temporadas em que atuou na Premier League.

Pela seleção de País de Gales os números, infelizmente, são bem menos expressivos que com o Manchester United. Foram 64 convocações e 13 gols marcados entre 1991 e 2007. Em 02 de junho de 2007 anunciou sua despedida da seleção galesa no empate de 0 a 0 contra a República Tcheca, em Cardiff, pelas eliminatórias para a Eurocopa de 2008. Apesar dos parcos números com sua seleção deu uma grande contribuição para o desenvolvimento do futebol de seu país nesses 16 anos de carreira internacional.

Perto dos 38 anos de vida, Ryan Giggs tem boas chances de erguer mais dois troféus importantes nas próximas semanas: o Campeonato Inglês e a Liga dos Campeões. E deverá ter seu contrato com os Red Devils prorrogado até o fim da temporada 2011/12. Sinal do grande carinho e da grande satisfação da alta cúpula do time inglês com os grandes serviços prestados do jogador. Fora do futebol, Giggs publicou uma autobiografia (Giggs: The Autobiography) e tornou-se representante da UNICEF na luta contra as minas terrestres espalhadas pelo mundo.

Abaixo, dados e estatístisticas do recordista em partidas disputadas na história do Manchester United:

* Nome: Ryan Joseph Wilson "Giggs"

* Nascimento: 29 de novembro de 1973, em Cardiff/PGA

* Posição: Meia/ponta-esquerda

* Clube (1): Manchester United (desde 1987)

* Títulos (32): Super Copa da UEFA (1991), League Cup (1991/92, 2005/06, 2008/09 e 2009/10), Campeonato Inglês (1992/93, 1993/94, 1995/96, 1996/97, 1998/99, 1999/00, 2000/01, 2002/03, 2006/07, 2007/08 e 2008/09), Community Shield (1993, 1994, 1996, 1997, 2003, 2007, 2008 e 2010), FA Cup (1993/94, 1995/96, 1998/99 e 2003/04), Liga dos Campeões da Europa (1998/99 e 2007/08) e Mundial Interclubes/FIFA (1999 e 2008)

* Com a seleção de País de Gales: 64 jogos e 13 gols (entre 1991 e 2007)

* Prêmios: Jogador do mês da Premier League (agosto de 2006 e fevereiro de 2007), melhor jogador do Mundial Interclubes (1999), Jogador do ano no Manchester United (2005/06), prêmio Sir Matt Busby (1997/98), melhor jogador europeu sub-21 do ano (1993), Jogador do ano de País de Gales (1996 e 2006), Personalidade do ano BBC País de Gales (1996), Hall da Fama do futebol inglês (2005), Time da década da Premiership (2003) e Time do século da FA Challenge Cup (2006)



Foto 1: Esportissimo
Foto 2: abc.net

Um comentário:

InfoBolaEuropa disse...

Parabéns muito bom , sou fã do Giggs!!