terça-feira, 11 de janeiro de 2011

O AUTOR DO GOL MAIS BONITO DE 2010

 
Ezequiel Calvente: este sim o autor do gol mais bonito de 2010




A FIFA divulgou nesta segunda a lista dos melhores do ano de 2010, como sempre com muitas discordâncias. O argentino Lionel Messi repetiu o feito de 2009 e foi reeleito o melhor da temporada, superando os colegas de Barcelona Xavi Hernández e Andrés Iniesta na categoria masculina. Entre as mulheres a alagoana Marta foi escolhida pela quinta vez consecutiva como a Bola de Ouro, o que pode torná-la como a melhor de toda a história. Já o português José Mourinho ganhou o prêmio de melhor treinador pela "tríplice coroa" conquistada com a Internazionale de Milão (Campeonato Italiano, Copa da Itália e Liga dos Campeões). A técnica alemã Silvia Neid, da seleção de seu país, ganhou o título pelo lado feminino.

O arcebispo sul-africano Desmond Tutu recebeu o Prêmio Presidencial da FIFA por seu grande trabalho com os jovens de todo o planeta, pelo uso do futebol como instrumento de transformações sociais e pelo apoio que deu à organização da Copa do Mundo da África do Sul ano passado.

A seleção sub-17 feminina do Haiti, que passou por enormes dificuldades após o terremoto que assolou o país em janeiro de 2010 e em cuja ocasião o seu treinador veio a falecer. levou para o país o prêmio FIFA Fair Play pela demonstração de grande coragem  após o ocorrido e por ter chegado à fase decisiva das eliminatórias para a Copa do Mundo Sub-17 Feminina  no ano passado, sendo aplaudida pela torcida mesmo com a desclassificação ao final do torneio. 

Também foi formada a seleção do ano pela entidade máxima do futebol (detalhe para a falta de um lateral esquerdo de ofício): Iker Casillas (ESP); Maicon (BRA), Lúcio (BRA), Gerard Piqué (ESP) e Carles Puyol (ESP); Xavi (ESP), Wesley Sneijder (HOL) e Andrés Iniesta (ESP); Cristiano Ronaldo (POR), David Villa (ESP) e Lionel Messi (ARG).

Por fim foi concedido o prêmio Ferenc Puskás para o gol mais bonito da temporada passada. O turco Hamit Altintop foi o vencedor com um belíssimo voleio de fora da área que entrou no ângulo do goleiro adversário, em partida válida pelas eliminatórias para a Eurocopa de 2012 contra o Cazaquistão. Abaixo você pode conferir esse golaço do jogador do Bayern de Munique.


 

Porém foi justamente neste ponto que aconteceu minha discordância mais veemente na premiação da FIFA. Apesar da pintura de Altintop, na minha opinião o gol do ano foi do jovem espanhol Ezequiel Calvente, meia do Betis que marcou um incrível de pênalti contra a Itália pelo Campeonato Europeu sub-19 em julho do ano passado. Você deve estar se perguntando como é que um gol de pênalti pode ser considerado o mais bonito da temporada. Veja a seguir.





Calvente simplesmente bateu de uma forma incrível correndo para o lado direito e se preparando para o chute e batendo de esquerda, enganando completamente o goleiro italiano e surpreendendo a todos. Talvez a beleza plástica do arremate de Hamit Altintop tenha sido superior, mas no quesito dificuldade e técnica, o gol de Ezequiel Calvente sem dúvida ficou na frente. Imagine-se se preparando pra chutar com uma perna e emendar com a outra. Certamente não conseguirá com facilidade.

Pênaltis cobrados de forma inusitada não são novidades no futebol. Os estilos mais conhecidos de cobranças são a cavadinha, muito utilizada pelo uruguaio Loco Abreu, e a paradinha, exaustivamente executada por Neymar, Rogério Ceni e muitos outros. Aliás, a  cavadinha foi até comentada aqui no blog como tendo seu primeiro registro através dos pés do tcheco Antonín Panenka.

Mas já que estamos falando do jogador do Betis, vamos conhecer um pouco mais de sua trajetória no futebol. Ezequiel Calvente Criado nasceu em Melilla, cidade autônoma espanhola localizada no extremo norte da África num enclave da Espanha entre Marrocos e Argélia, no dia 12 de janeiro de 1991. Começou a dar seus primeiros passos no futebol de salão ainda criança. Com sua boa técnica logo despertou o interesse do Real Betis que o levou para suas categorias infantis. Teve algumas passagens pelas categorias de base do Maracena e do Granada, mas retornou ao time de Sevilha, onde ascendeu ao time B em 2009.

Mesmo com apenas 1,68m de altura, Zequi é um meia esquerda habilidoso. Em 2010 ajudou a equipe B do clube alviverde a fazer boas campanhas que participou, entre elas a Copa do Rei de Juvenis e a Segunda Divisão B (equivalente à terceira divisão). Por isso foi convocado para a seleção espanhola sub-19 que disputou o Campeonato Europeu da categoria. Foi nela que fez o inusitado gol no dia 24 de julho diante da Itália, ganhando fama nos quatro cantos do planeta e consequentemente despertando a cobiça de times mais poderosos. A Espanha do meiocampista terminou a competição como vice-campeã ficando atrás da França.

Nesta temporada Calvente assinou seu primeiro contrato profissional com os Béticos com duração de 4 anos e é utilizado tanto no time de baixo como no principal. Ainda não conquistou nenhum título, mas é considerado pela comissão técnica e diretoria do Betis como uma grande aposta para o futuro do clube.

Ainda sobre o gol, o primeiro nesse estilo que se tem notícia aconteceu na disputa da Liguilla da Argentina - a pré-Libertadores - em 1991 na partida entre Racing Club e Boca Juniors. Na disputa por pênaltis o lateral do Racing Jorge Reinoso bateu da mesma forma que Calvente enganando completamente o arqueiro Navarro Montoya. Confira este incrível gol no vídeo a seguir e sua comparação com o do espanhol. Faça uma avaliação de todos os vídeos e tire suas conclusões.


video


Abaixo, dados e estatísticas de Ezequiel Calvente, o autor do gol mais bonito de 2010 na minha opinião.


* Nome: Ezequiel Calvente Criado

* Nascimento: 12 de janeiro de 1991 em Melilla/ESP

* Apelidos: Zequi, Ezequinha

* Posição: meia

* Clube (1): Real Betis (desde 2010)

* Títulos: nenhum



Foto 2: Ole

Nenhum comentário: